CONSAGRAÇÃO

O que é a Consagração ao Coração Imaculado de Maria

A teologia espiritual da Igreja, nutrida por numerosos testemunhos dos santos, já formulou uma

doutrina clara sobre o valor da consagração ao Coração Imaculado de Maria.

Ela mesmo a pediu em Fátima.

Para evitar uma sobreposição com a doutrina da Igreja, aqui está um trecho de uma mensagem do Livro Azul.

(13 de maio de 1976)

«Hoje, meus filhos prediletos, recordais a minha vinda à terra, à pobre Cova da Iria, em Fátima.

Vim do Céu para vos pedir a consagração ao meu Coração Imaculado.

Por meio de vós, Sacerdotes do meu Movimento, tudo o que então pedi está agora se realizando.

Vós consagrais-vos ao meu Coração Imaculado e conduzis as almas que vos foram confiadas a esta consagração querida por Mim.

Já passou muito tempo desde aquele dia: cinquenta e nove anos.

Houve também a segunda guerra mundial, profetizada por Mim como castigo permitido por Deus para uma humanidade que, infelizmente, não se arrependeu.

Agora viveis os tempos em que o dragão vermelho, isto é, o ateísmo marxista, se difundiu em todo o mundo, provocando ruínas cada vez maiores nas almas.

Consegue verdadeiramente seduzir e precipitar um terço das estrelas do céu. Estas estrelas, no

firmamento da Igreja, são os Pastores, sois vós, meus pobres filhos Sacerdotes.

Porventura não vos confirmou também o Vigário do meu Filho, que hoje em dia são os mais caros amigos, até os confrades da própria mesa — os Sacerdotes e os Religiosos — os que atraiçoam e se põem contra a Igreja?

 

Esta é, portanto, a hora de recorrer ao grande remédio que o Pai vos oferece para resistir às

seduções do maligno e para vos opordes à verdadeira apostasia que se alastra cada vez mais entre os meus pobres filhos.

Consagrai-vos ao meu Coração Imaculado.

A quem se consagra a Mim volto a prometer a salvação: a salvação do erro neste mundo e a

salvação eterna. Obtê-la-eis graças a uma minha especial intervenção de Mãe. Impedirei, assim, que caiais nas seduções de satanás. Sereis protegidos e defendidos por Mim mesma; sereis consolados e fortalecidos por Mim.

Esta é a hora em que o meu apelo deve ser acolhido por todo Sacerdote que quer se manter fiel.

Que cada um se consagre ao meu Coração Imaculado e, por meio de vós, Sacerdotes, muitos dos meus filhos farão esta consagração. É como uma vacina que vos dou, como boa Mãe, para vos preservar da epidemia do ateísmo que contamina tantos dos meus filhos, conduzindo-os à morte do espírito.

Estes são os tempos preditos por Mim, é a hora da purif icação.

Ouvi os pedidos da vossa Mãe e entregai-vos a Mim com toda a confiança e com o mais completo abandono».

Viver   a   Consagração

A recitação do Ato de Consagração é um momento muito importante na vida do MSM, mas é
essencial viver esse Ato de Consagração como uma seiva que alimenta a vida cotidiana.
Através do Livro Azul, nos vem a explicação nesses termos:

 

(25 de julho de 1977)

“Meus filhos prediletos, deixai-vos formar por Mim com docilidade. Com a consagração ao meu Coração Imaculado confiastes-Me o vosso Sacerdócio. Pusestes-lo em lugar seguro.

Com isto, porém, fizestes só a primeira coisa, ainda que muito importante. Agora Eu mesma tenho, como Mãe, o compromisso para com cada um de vós de vos transformar naqueles que o meu Filho Jesus deseja.

A segunda coisa que deveis fazer, depois da vossa consagração ao meu Coração Imaculado, é deixar-vos formar por Mim, que atuo em cada um de vós de maneira inteiramente particular.

É minha tarefa de Mãe formar-vos de maneira inteiramente particular e pessoal. Até os caminhos pelos quais vos conduzo são diferentes entre si, mas vos levam todos à mesma meta, a que foi fixada pelo meu Filho Jesus para cada um de vós.

Não olheis para o modo como vos formo; não Me pergunteis para onde vos conduzo, não procureis conhecer antecipadamente o caminho que tracei para vós. A vossa tarefa é corresponder à minha ação com a vossa docilidade.

Uma docilidade interior que vos leve a dizer-Me sempre “sim”, que vos leve a procurar cumprir no vosso agir só a minha vontade. Já conheceis a vontade da vossa Mãe Celeste:

- quero-vos humildes, silenciosos, recolhidos, ardentes de amor a Jesus e às almas. Só assim vos tornareis grandes aos meus olhos;

- quero-vos confiantes, abandonados, sem preocupações humanas […];

- quero-vos mortificados nos sentidos, perseverantes na oração, recolhidos ao redor de Jesus na Eucaristia, como lâmpadas vivas de amor. Só assim Me sentireis perto de vós;

- quero-vos cada vez mais puros; assim podereis ver-Me finalmente. Ver-Me-eis com os olhos da alma se fechardes os olhos do corpo às vaidades deste mundo.

Enquanto Eu vos conduzo doce e fortemente à santidade, a vossa vida será transformada por Mim.

Mas só se corresponderdes à minha ação, é que podereis escapar do perigo de parar ou de vos enfraquecer no fervor, depois do ato da vossa consagração a Mim.

[…]

Agora que Me estais respondendo em toda a parte do mundo, deixando-vos encerrar no meu Coração Imaculado, devo transformar-vos o mais depressa possível em cópias conformes a Jesus Crucificado.

Respondestes-Me “sim”. Agora peço-vos que correspondais à minha ação com a vossa docilidade exterior e interior.

Só assim podereis resistir às insídias que o meu adversário vos lança e responder ao meu grande desígnio de amor”.

ATOS DE CONSAGRAÇÃO

 

Consagração

dos sacerdotes

Consagração

dos leigos e religiosos

Consagração

dos jovens

SEÇÕES
ENDEREÇO

MOVIMENTO SACERDOTALE MARIANO

CENTRO INTERNAZIONALE

Via don Giovanni Bosco 3 - Lora

22100 Como - ITALIA

info@msm-mmp.org

INSCRIÇÃO PARA A NEWSLETTER
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Google+ Icon
  • Grey Instagram Icon

Total de visitas desde 2018